Calor em SP, neve em NY

Por Fabiana Novello e Leda Letra*

Parque Trianon, São Paulo.

Parque Trianon, São Paulo.

São Paulo, domingo, 29 graus. Finalmente o Verão voltou! Os últimos dias mais pareciam de Outono. Detesto Outono. O Sol e o calor deixam a minha São Paulo mais alegre, mais disposta à felicidade.

Avenida Paulista. Meu destino de vários domingos agora. Bicicleta, skate, patinete, patins, a pé. Cada um vai como quer. Pastel, hambúrguer, yakisoba, acarajé, cachorro quente, massa, tapioca, brigadeiro. Tem comida para todos os gostos. Música. Em quase todos os quarteirões. O Elvis está todo domingo em frente ao Conjunto Nacional. E sempre tem gente assistindo.

Parque Trianon. “Um pedaço da Mata Atlântica na Paulista”. Cheiro de mato, ar mais fresco. Hoje olhei para ele com mais mais atenção. As árvores são tão altas que cobrem o céu. É tão bonito…

Mirante 9 de julho. Mais música. Irmã, sobrinho, cunhado, amiga da irmã. Uma taça de espumante. Chuva. De Verão! Tim tim, São Paulo!

 

Nova York

Ao fundo, carro coberto pela neve. Nova York.

Nova York, domingo, sensação térmica de menos 8 graus. Os ventos chegaram a 50 km/h. Depois da tempestade, a calmaria. Ou não. Aproveitei o domingo para acordar as 9h, bem mais tarde do que o habitual. A cafeteria perto de casa estava aberta e andar dois quarteirões foi uma aventura. Bota de borracha com forro para aquecer os pés do frio. Tanta, tanta neve acumulada. O NY Times fala em um acúmulo de 70 cm.

O domingo foi de muito Sol e de pouca gente nas ruas. Crianças brincavam na neve, zeladores limpavam as calçadas, utilizando pás, máquinas e sal. Outros tiravam a neve do entorno de seus carros (muitos carros foram “engolidos” pela nevasca).

Café fresco e panqueca. Só porque hoje domingo! Uma parada rápida no supermercado para abastecer a dispensa e curtir mais um dia de preguiça. Voltamos para casa só para buscar nosso cachorro, um filhote brincalhão que adorou a neve. Sai correndo, come gelo, uma festa.

Não faz tanto frio, mas nossa tarde foi em casa, no sofá, vendo filmes. Uma das piores nevascas de Nova York passou, só que o pior vem agora. Essa neve acumulada vai demorar semanas para derreter. Ficará suja. O Sol transforma a neve, antes fofa, em pedaços de gelo, um perigo para pedestres e motoristas. Com certeza será caótico usar ônibus e metro na segunda-feira.  Mas esse é um problema para amanhã. Hoje ainda é domingo, dia de viver o rescaldo dessa histórica tempestade.

*Leda Letra é jornalista e assina vários textos neste blog

Sobre fabiana novello

jornalista que gosta de lugares e histórias
Esse post foi publicado em Cidades, histórias, Inverno, Lugares, verão e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s