Café, almoço e jantar

Por Leda Letra*

Paris

Paris

Manhã fresca de Primavera, nossa última em Paris. Optamos pelo mais conveniente e também o mais charmoso: petit dejeuner no hotel. Porque aquele não era qualquer hotel, era o Bourg Tibourg, em Marais. A sala do café da manhã ficava no subsolo. As escadarias de pedras e estreitas davam um ar de mistério, logo desvendado. Apenas quatro mesas redondas, poltronas antigas, paredes de pedra, obras de arte e a sensação de que estamos num canto escondido da casa de um parisiense especial, de requinte.

O preço era único, com direito a croissants, pães, manteigas, geléias, frutas frescas, café ou thé. Pergunto quais são as opções de chá, só entendo camomille. Escolha feita. Tudo saboroso, delicado, fino, deixando na boca uma vontade por mais, de querer mais Paris, de sair sabendo que iremos voltar. Um dia.

Era uma manhã de sábado e Paris havia se revelado ser simplesmente tudo aquilo que falavam e mais um pouco. Todas as definições clichês sobre Paris provaram ser verdadeiras. O Louvre, a Catedral de Notre Dame, a Torre Eiffel: que alívio saber que estive errada: as pessoas não exageram ao falar sobre esses lugares. Paris, Paris.

Já estamos no trem, voltando para Londres. A viagem é rápida, pouco mais de duas horas. Que lindo atravessarmos duas culturas, duas cidades, dois países assim, em questão de centenas de minutos. Repouso. Há muito mais Londres para amanhã.

Domingo. O almoço é na capital britânica. Em meio a andanças por Kensington, decido conhecer a famosa Harrods. Tradição e luxo misturados – a disposição dos produtos, o perfume no ar, a exclusividade das peças….entre suspiros e vista cansada, decido almoçar por ali. A praça de alimentação tem opções variadas, o preço é superior ao dos restaurantes, “mas é uma experiência”, me convenço.

Arrependida da relação preço-qualidade, lembro-me do almoço na semana anterior, no Piccadilly Circus, no Jamie’s Italian, o restaurante italiano do chef Jamie Oliver. Aquele espaguete à bolonhesa ficará para sempre marcado como o melhor almoço que já tive em Londres.

O domingo passa e preciso acordar bem cedo na segunda-feira. Mas não para trabalhar. A viagem continua, mas sem muita expectativa. Rever uma amiga é o principal objetivo da ida até o próximo destino.

Mas Berlim me surpreende! Tenho na minha amiga a minha melhor guia. Que cidade! Bela, limpa, organizada, com sabores novos, com supermercados raros, onde a globalização nem pensa em entrar. Passo horas e horas nos supermercados e farmácias de Berlim, examinando cada produto nacional, tentando entender do que são, para que servem. Berlim é moderna e antiga, é século 21 misturado à Guerra Fria.

O jantar de segunda-feira é por lá. Vamos para o bairro Kreuzberg. Fico confusa, parece que estamos entrando numa igreja. Lá dentro, uma espécie de galeria de paredes com grafite. E de repente, o restautante, lindo, lindo. Nem vejo o cardápio, quero experimentar tudo o que for novo para o meu paladar. A tradição do restaurante 3 Schwestern (ou “3 Irmãs”) é o käse spätzle, uma espécie de massa diferente, com molho de queijo. Delicioso. É Alemanha, então bebemos uma boa cerveja. Saímos pelas ruas da cidade, entramos em um bar. Brindo o privilégio de saborear, em três dias, três refeições em três países.

*Leda Letra é jornalista e uma das mais antigas colaboradoras deste blog

Sobre fabiana novello

jornalista que gosta de lugares e histórias
Esse post foi publicado em Cidades, Primavera, Viagem e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Café, almoço e jantar

  1. Luciana Palmieri disse:

    Lindo texto! Viajei para 3 países em 3 deliciosos e apetitosos minutos! Parabéns, Leda!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s