Duas casas, duas mulheres

Por Fabiana Novello

Nesses últimos dias, conheci a história de duas casas de São Paulo. Na verdade, muito mais do que isso. Conheci um pouco da história de duas mulheres: dona Veridiana e dona Yayá. A primeira se separou do marido e a segunda era solteira. Se hoje, em pleno 2013, essa nossa sociedade ainda vê com estranheza e preconceito uma mulher solteira, que dirá na época em que dona Yayá viveu? Se hoje essa nossa sociedade ainda não entende que estado civil não importa nada, que dirá naqueles anos?

Veridiana Valéria da Silva Prado, a dona Veridiana, nasceu em 1825 e morreu em 1910. Era rica, casou-se quando tinha 13 anos com um meio-tio. Se separou, foi para Paris e se encantou com os “salões” parisienses. De volta a São Paulo, comprou um palacete em Higienópolis. E nele promovia saraus, recebia escritores, intelectuais, políticos, amigos.

Sebastiana de Mello Freire, a dona Yayá, nasceu em 1887 e morreu em 1961. Também era rica, falava francês, tocava piano, dirigia. Era solteira. Perdeu os pais e o irmão. Todos de forma trágica. Aí seus tutores a levaram para uma casa no Bixiga de onde não saiu mais. Diziam que ela tinha problemas mentais. Sua casa era um sanatório particular.

Conheci as duas casas. Passaram por algumas modificações antes de serem tombadas. Mas são construções belíssimas. São um pouco da São Paulo antiga. A de dona Veridiana me impressionou pelo tamanho. E a de dona Yayá me comoveu. Ela ficava em apenas uma parte da casa. Não podia sair nem para ir ao jardim. E era vigiada por funcionários por pequenas janelas. Andar pelo espaço onde ficava me entristeceu. Impossível não sentir a solidão de dona Yayá.

Sobre fabiana novello

jornalista que gosta de lugares e histórias
Esse post foi publicado em histórias, Lugares, São Paulo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Duas casas, duas mulheres

  1. Pingback: Dois anos | Lugares e histórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s